5/21/2014

Estou de dieta... outra vez e sempre



Estou de dieta. Como, aliás, parece estar toda a gente. Deve ser moda e, apesar de me gabar de ser pouco ou nada influenciável pela moda, estou de dieta.

É verdade que quero emagrecer, acabar com as zonas gelatinosas que insistem em abanar-se pela zona centro / sul do meu corpo e ficar com uma pançola menos escandalosa para mostrar na praia mas quero, sobretudo, manter-me saudável e, já agora, ganhar uma forcinha nas canetas.

Para além de emagrecer um pouco gostava de ganhar resistência e adotar, de vez, um estilo de vida mais saudável.

O problema é que adoro comer, principalmente doces e hidratos de carbono, e detesto qualquer tipo de exercício físico. Para mim, o exercício físico é um sofrimento medonho e desnecessário.

Posto isto, tenho, primeiro que tudo, que reformular a minha mente em relação a isto do sacrifício, errr exercício, físico. 

Já experimentei ginásio, caminhadas, yoga, pilates, máquinas em casa, dança e sei lá o que mais... O facto é que me farto depressa de tudo e desisto em menos de nada. 

Em relação à comida, é uma espécie de compulsão. Tenho verdadeiros ataques de fome psicológica em que devoro tudo o que está à minha frente.

A sorte é que não tenho tendência para engordar. O aborrecido é que também não sou daquelas magras que comem só porcarias e estão sempre na mesma.
Se como engordo e se não como emagreço. 

Atualmente, o que venho fazendo é o seguinte:

- Como doces apenas em ocasiões especiais, o que dá umas quatro vezes por mês ou uma vez por semana (hehehehe) mas sem exageros.

- Como sempre pão integral e uso farinha integral para cozinhar. Fruta, é com casca. 

- As refeições têm sempre uma generosa dose de salada ou legumes cozidos a vapor a acompanhar. O jantar é geralmente sopa sem batata. Os snacks são frutos secos e cenoura crua.

- Bebo pelo menos 2 litros de chá sem cafeína diariamente.

- Todos os dias faço algum tipo de exercício fisico: caminhada com corrida (a aumentar gradualmente o tempo de corrida) ou yoga. Ao fim-de-semana faço apenas a "Saudação ao Sol", uma sequência de exercícios de yoga bastante completa e que me deixa com energia logo de manhã.

E pronto, é isso que faço há algum tempo. Nada muito radical para não desistir às primeiras.

O que me consola nisto é que já vou notando que, em relação à alimentação e ao exercício físico é tudo uma questão de hábito. Já não me apetece comer fast food e, se não fizer algum tipo de exercício físico, sinto-lhe a falta. Também já noto alguma diferença no corpo, umas partes menos moles e mais bem definidas.


A minha meta a curto prazo é perder 3 kg. 

Vamos lá ver se chego ao verão assim (not):










7 comentários:

Dora disse...

Com o que estás a fazer perdes 3kgs na boa. Aposto contigo.

Purpurina disse...

Oxalá, oxalá. De exercício só vai uma semana. Mas a paparoca é que é difícil de deixar. Opto por comer em grandes quantidades mas só coisitas saudáveis.

Dora disse...

Não comas a fruta sozinha. Nunca.
E podes comer qualquer uma das receitas que te mandei à noite. Não precisas de comer sopa mais do que 3x por semana.

Purpurina disse...

Costumo comer a fruta depois da refeição ou ao lanche com pão e queijo/ fiambre de perú e iogurte com nozes. Como bastante ao lanche. :P

Sónia TM disse...

Força ;)

Sónia
Taras e Manias

JS disse...

Se chegares ao verão assim, engatas as gajas todas na praia. xD

Purpurina disse...

ahahahahah JS, é bem capaz. :D